quinta-feira, 28 de janeiro de 2010


Saudade...


Sinto-a.
Mas sinto muito para lá da palavra, 
de todas as palavras que a digam...


Sinto a alma vazia de ti, as mãos vazias de ti...
Sinto a tua ausência em cada lugar.
E em mim.


E sinto o teu beijo... aquele que acordou a manhã.
Foi doce e amargo.
Guardo-o.

E espero-te.



Isolda

13 comentários:

Multiolhares disse...

As saudades dilaceram o coração
beijinhos

Marta disse...

Doce e amargo....os suspiros profundos no fundo ca alma....
Beleza de poema.
Obrigada pela visita ao meu blog.
Beijos e abraços
Marta

Nilson Barcelli disse...

Na ausência, é melhor sentir saudade do que nada...
Isolda, gostei imenso do teu poema. Bem escrito.
Bom fim-de-semana.
Um beijo.

J. Araújo disse...

Gostei daquie voltarei outras vezes.

Abraço

Everson Russo disse...

Saudade as vezes doi,,,as vezes é bom,,,ela é um sentimento contraditorio...mas é bom sentir...otimo final de semana pra voce.s

Pena disse...

Oh, Doce e Simpática Poetiza Amiga:
Um delicioso e soberbo poema de amor/saudade a alguém que faz ou fez parte da sua existência perfeita.
Tem uma sensibilidade maravilhosa. Terna. Doce.
Que lindo, o que escreveu com sentimento puro e belo.
Adorei.
Maravilha e enternece de beleza e encanto.
Parabéns.
Bem-Haja, pela ternura deixada expressa em palavras no meu blogue que gostei muito.
Beijinhos de pura e sincera amizade.
Sempre a respeitá-la e a admirá-la.

pena

MUITO OBRIGADO pela sua simpatia e amizade.

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Saudade quando é doce é gostosa...

Acordei com uma vontade de escutar essa música bem alto, bem altão mesmo. Só pra sair dançando o dia lindo que está fazendo na minha Fortaleza hoje.

Bora de cantiga?

http://www.youtube.com/watch?v=dxaXPFkC4bM

Beijo imenso, menina linda.

Rebeca


-

Wanderley Elian Lima disse...

OLá Isolda
Saudade é um sentimento que nos mantem perto da pessoa que nos é querida mas que está distante.
Bom fim de semana
Beijos

Sofá Amarelo disse...

A palavra é apenas um pormenor no sentido que é a saudade... a saudade é um poema escrito com laivos de memória e de ausência!

Maria disse...

Espero que venha. Bonito poema...
(obrigada pela visita ao 'cheiro'...)

Everson Russo disse...

Uma bela semana aos amigos...abraços.

Secreta disse...

As saudades ultrapassam tudo o que as palavras podem dizer.
Beijito.

Maria Clarinda disse...

Lindo!!!
Jinhos mil